Como conceituamos criatividade

Sim, nós temos definições de criatividade que também contém chaves do cofre onde estão guardados segredos práticos.

Criatividade é a produção de ideias possíveis, impossíveis e todas as outras.

As ideias “impossíveis” são aquelas que frequentam os livros de ficção e as ideias do tipo “todas as outras” são aquelas que os mais criativos têm dificuldade de extrair de suas próprias mentes para esboçar e explicar aos demais. Esses dois tipos de ideias são muito importantes para o incremento da cognição e devem ser levadas em consideração, seriamente, desde que tenha valor criativo para o autor, que é o primeiro avalista de suas ideias. Não importa se há ou não valor para quem quer que seja. Importa que o autor aumente sua própria rede neural ampliando suas ideias.

Aqui, nosso principal interesse (80%), mas não o único, está nas ideias possíveis, elaboradas para serem transformadas em inovações no mundo real, as quais podem ser divididas em dois eixos que denominamos de ideias pioneiras (eixo vertical) e ideias estendidas (eixo horizontal).

Ideias Pioneiras são resultados novos com características diferentes, nunca antes obtidas, tornando-se referência na área.

Ideias estendidas são aperfeiçoamentos / melhoramentos de uma ideia pioneira.

– Ideias pioneiras são reconhecidas pelos avanços conceituais e alternativas que proporcionam. Surgem de modo descontínuo no eixo vertical (Graf. n. 01), apresentam rompimentos com padrões estabelecidos, são também tratadas por revolucionárias, radicais, de ruptura, incomuns ou ainda são chamadas de ideias fora da caixa.

Ideias estendidas são derivadas das ideias pioneiras que otimizam os benefícios ao acrescentar características que atraiam novos usuários. Objetivam renovar e prolongar a sustentação da ideia inicial ao longo do tempo através de design, modelo e moda.   As ideias estendidas são tipicamente denominadas de incrementais, originais, mais do mesmo, fluente, melhoria contínua, de sustentabilidade, ordinária, manutenção do “status quo”, “ideias dentro da caixa” e títulos similares.

– As ideias estendidas são “sobrenomes complementares” ao “nome principal” da ideia pioneira, que ajudam a esclarecer o que esta sendo otimizado na ideia principal. São como satélites (estendidas) que orbitam o planeta central (pioneiras).

Ex. “escova de dente (pioneira, nome)” com cerdas macias (estendida, sobrenome), com cabo anatômico (estendida,sobrenome), com limpador de língua (estendida,sobrenome), etc.

– Cada ideia pioneira atrai um conjunto de ideias estendidas, vinculadas “dentro da caixa”, derivadas especialmente para fortalecer e sustentar o interesse do usuário na ideia pioneira.

Exemplo: Higiene Bucal

Gráfico 01 – Ideias Pioneiras (nome) X Ideias Estendidas (sobrenome).

 Por outro lado, pode-se definir criatividade como a produção de novas sinapses mentais. Em última instancia, criatividade nada mais é que ter uma rede neural cognitiva “muito grande e continuamente em ampliação” para incentivar encontros sinápticos ou faíscas criativas, os quais aumentam e fortalecem a saúde mental e as conveniências da vida.

Importante salientar que neste modo de pensamento, o que importa nos interessa é a pessoa e suas ideias. Embora os demais itens sejam muito importantes, tais como ambiente e incentivo para a criação, consideramos as pessoas a fonte de onde os demais itens surgem.

Por hora, com essa informação podemos iniciar nossas conversas. Ao longo do tempo, vamos voltar ao Gráfico 01: Ideias Pioneiras x Ideias Estendidas, em artigos que serão apresentados ao leitor, explicando todos esses aspectos, os quais já são ensinados em diversos cursos que temos oportunidade de participar.